Copie esse link no seu navegador e vá direito para o Vende-se Cadeiras: http://vendesecadeiras.blogspot.com.br/
Esse blog não esta sendo mais atualizado!
VISITE ESSE NOVO ENDEREÇO:

Fanfic Destinos do Luar - Capitulo 4

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Nota da autora:
Peso desculpas pela demora, mas foi nescessario, estava sem ideias. Quando vi os comentários comecei a escrever imediatamente!
Obrigado pelo apoio!
E para reforçar os nossos recadinho:
• A fic será postada de um em um mês, se der postarei antes.
• As noticias estão sendo atualizadas peso um pouco da paciências de vocês
• Outra coisa MUITO importante quero comentários! sejam eles positivos ou não!

Obrigado agora eu vou deixar vocês lerem, espero que gostem! :D
amo vocês! muuitão s2

 
Capitulo 4 - Um Luar Radiante

Jacob arrancou o carro, indo para as extremidades da cidade. Ele dirigiu rápido o percurso inteiro, eu ate poderia dizer que ele dirigiu com ansiedade. Talvez só quisesse demonstrar o quanto seu carro era rápido, o que era estranho, pois ele não era de ficar se aparecendo, ou talvez ele quisesse chegar mais rápido no nosso destino.
Jake me olhava como se esperasse algo de mim. Acreditei que ele só estivesse preocupado comigo pelo ocorrido, mas toda vez que ele me olhava eu encontrava algo mais, eu sempre lhe retribuía o olhar com um sorriso.
Tentei arrancar dele algo que desse uma pista para onde estávamos indo, mas minhas tentativas foram em vão, ele não quis me contar nada, só disse-ra que eu iria gostar.

Ao longo do caminho Jake começou a fazer piadas sobre Rosalie, sei que ela era minha tia, mas era impossível não rir.

-Duvido que Rosalie monte um quebra cabeças algum dia! Aposto que se eu a desafiasse, ela diria “não vou montar essa coisa, tenho de pintar minhas unhas e escovar os meus cabelos, não tenho tempo para essas coisas vira-lata fedido!”. - Jake representou o que Rose iria dizer com uma voz aguda- só para dar desculpa que não sabe montar nem um quebra cabeças para crianças de cinco anos!- Jacob sorria como se estivesse vendo Rose falando isso. Eu dei risada junto com ele.

Eu olhava para fora da janela quando passamos por um parque onde havia um casal sentado se beijando. Me fez lembrar meus pais, do amor que um tinha pelo outro. Voltei meu olhar para Jacob e perguntei por curiosidade.

- Jacob você já se apaixonou por alguém depois de Bella? Quero dizer, se gosta de alguém?

Jake se surpreendeu com minha pergunta, no primeiro momento ele ficou quieto, pensativo, ate mesmo sem jeito, logo ele falou.

-Sim eu já me apaixonei por alguém depois de Bella e ainda sou apaixonado. – disse ele com as bochechas rosadas

-Você gosta dessa menina mais do que gostava da minha mãe?

-Sim... bem mais. Para mim ela é minha vida é tudo o que eu mais tenho de precioso sabe?! minha vida gira ao redor dela. - Jake falava e no mesmo tempo me olhava, seus olhos brilhavam ao falar, dava para ver o quanto ele amava a tal garota.


-Humm, e essa menina também gosta de você?

- Ela não sabe que eu sou apaixonado por ela.

-Mas por que você não fala que gosta dela?

-Por quê? Bom... Eu não tenho esse direito, digamos assim. Ela é diferente de mim e somos muito amigos tenho medo de estragar tudo. - Jake falava e sua voz foi diminuindo, eu senti que sua alegria havia diminuído.

- Ah Jake, não se preocupe. Você é alguém tão legal, divertido, amigo, simpático, carinhoso, é tudo o que uma menina procura. Eu acho que você devia se declarar para esta menina. Sabe, eu nem a conheço, mas se ela não vê a pessoa maravilhosa que você é, ela é muito burra! Desculpa mas é inaceitável isso.

Jacob olhava para estrada pensativo, depois de alguns minutos ele disse:

- Ela não é burra sabe, ela também me acha uma pessoa maravilhosa e legal, simpática e todo o resto- Jake sorriu por algum motivo que eu não entendi -só que eu não demonstro o que sinto! Eu não me importo tanto em ter ela como namorada ou a mulher que vai ser minha para sempre, claro que eu quero muito que ela seja, mas ter ela do meu lado, poder olhá-la, e até às vezes tocá-la já me faz feliz, o simples fato de a ver sorrir já me deixa feliz. Então acho que se ela estiver feliz eu vou estar também, seja comigo ou não.

Definitivamente, ele se importava mais com os outros do que com ele mesmo. Isso chegava ser até preocupante para mim, mas mesmo assim eu o admirava por ser quem era.

-Nossa Jake! Você não tem ideia do quanto eu te admiro. Muito lindo de a sua parte pensar assim, por isso você é meu melhor amigo. - Falei sorrindo. Jake me olhou, parecendo procurar algo em meu rosto.

Ele entrou em uma estrada de chão que ficava entre uma pequena mata na avenida principal para quem saia da cidade. Por mais que fosse uma mata normal ela era bonita havia árvores com flores coloridas e algumas folhas eram de um tom avermelhado. Era incrível como era diferente das florestas de Forks, os troncos não eram verdes de limo e reluziam levemente com o sol que as vezes se abria no céu.

Olhando a natureza que eu me dei conta que não havia chovido nem uma vem hoje. Estava feliz, toda aquela beleza me trazia sentimentos positivos, e me faziam esquecer o que tinha acontecido mais cedo.

Ao longo do caminho comecei a enxergar uma clareira com um mirante que dava para enxergar a cidade. Era de tarde e em algumas horas o sol já iria se por.

Jake estacionou o carro de frente para o mirante.

-Venha Nessie.

-Nossa que lugar lindo. - Eu sorria com a beleza de tudo.

Jake abriu sua porta. E antes de sair me olhou com uma sobrancelha levantada, e perguntou.

-Você não vem?

-Claro, claro!- disse abrindo a porta.

Nos escoramos no capo do carro e ficamos olhando a linda paisagem, algumas vezes Jake suspirava. Não sabia o motivo, mas não quis perguntar.

Depois de algum tempo Jake rompeu o silêncio.

-Nessie você não estava com fome?

-Sim estava, mas não tem problema, eu estou bem. - falei um pouco sem graça, relembrando o que tinha acontecido.

-Não mesmo, venha vamos caçar. Deve ter algo que dê para enganar nosso estômago aqui. - Jacob falou me puxando para o meio da mata. Nós dois demos risada e fomos correndo.

Jake foi para trás de uma moita para se transformar em lobo e depois saiu de lá com suas roupas em cima das suas grandes costas peludas. Ele olhou para elas e depois para o galho de uma árvore bem próxima de nós. Parecia dizer para mim colocar as roupas no galho, então o fiz.

Encontramos dois veados pastando, Jacob deixou eu ficar com o maior. Senti-me bem melhor depois de ter comido algo e Jake parecia estar satisfeito, então voltamos para a clareira.

Jacob pegou suas roupas e fora voltar para a forma humana. Fiquei de pé na beira do mirante olhando o por do sol que agora estava deslumbrante. As luzes na cidade começaram a aparecer devagar.

' Tudo esta tão perfeito', pensei comigo mesmo.

Jake emergiu entre as árvores e veio caminhando ate meu lado.

-Lindo não é mesmo?

-Sem duvida!

Ficamos olhando por um tempo o sol se por. Era uma das coisas mais lindas que eu já vira, eram poucas as vezes que parava para ver a beleza da natureza.

O crepúsculo começou a surgir no céu.

Jake me olhou como se estivesse tido uma ideia e falou.

-Em seguida as estrelas vão surgir, e por incrível que pareça hoje não vai chover ou pelo menos não por enquanto. Vamos deitar para ver as estrelas? é uma oportunidade única. Vamos?

-Nossa isso seria uma ótima ideia! -falei sorrindo.

Comecei a me sentar no chão para me deitar e Jake me puxou para me levantar

-Não, aí não. você vai se sujar. Venha vamos nos deitar no capo do carro.

-Mas não tem perigo em amassar?

-Não, quando eu o construí usei ferros maciços especiais para não ter problemas com amassados se por um acaso eu o batesse ou me transformasse por acidente dentro dele – Jake sorria com as suas ultimas palavras eu também não pude deixar de sorrir. Sem duvida ele pensava em tudo.

Ele subiu em cima do carro e depois me ajudou.

O capo do carro ate que não era tão estreito quanto eu pensei. Jake ficou deitado com os pés para fora, porque era muito alto, mas eu cabia bem direitinho ali.

O céu estava lindo um azul escuro que demonstrava segurança, a Lua estava enorme no céu, brilhava forte, e as estrelas eram lindas, pela primeira vez eu vi um céu realmente radiante.

Encostei-me nos braços de Jake, ele era confortante e quente.

-Jake?

-Sim?

-Obrigado por tudo. Esse dia esta sendo muito bom. Poder fugir da minha vida para ficar ao lado do meu melhor amigo.

-Eu que agradeço Nessie, esta sento um dos dias mais felizes da minha vida.

Pude sentir o leve sorriso que ele havia aberto no rosto, me virei para vê-lo, ele estava me olhando com o sorriso que eu havia imaginado.

-Por quê? - perguntei

-Porque eu tenho você do meu lado! – ele respondeu

Meu coração acelerou, um frio interno ,que eu nunca tinha sentido, fez cócegas no meu estômago. Jake me olhava com uma profundidade que me deixou constrangida, mas no mesmo tempo feliz.

-Jake eu sou tão especial para você assim?

-Sim Nessie, muito. Pra mim você... - ele não completou o que estava falando, talvez estivesse escolhendo a palavra certa.

-Eu sou?! - tentei encorajá-lo.

-Você é única. Sabe? A pessoa que mais me entende e que eu quero para sempre ao meu lado, Você é a única pessoa que me traz felicidade só de olhar- Ele sorriu, me trazendo tranquilidade.

Ele chegou mais perto encostando a cabeça em meus cabelos, inalou o ar, e com a mão acariciou meu rosto.

Meu corpo parecia reagir com seu carinho, eu me arrepiava e sentia cócegas no estômago.

Jake acariciava minhas bochechas, seu cheiro amadeirado era perfeitamente confortante. Sentindo sua pele, seu cheiro, seu rosto que rosava meus cabelos, sua mão que deslizava de minha testa até os cantos da minha boca. Senti uma forte ligação. Uma vontade louca de tocá-lo me invadiu, coloquei minha mão na sua e comecei a acariciá-la, sentindo seu cheiro. Por um momento esqueci do mundo só era nós dois, problemas não existiam, só um céu reluzente e um amigo que eu realmente amava.

Nesse momento seu telefone tocou, meus pensamentos foram cortados e eu voltei para a realidade. Com o outro braço ele o tirou do bolso e sentou para atendê-lo.
Foi então que acordei para realidade.
'Nossa! o que eu estou pensando? Jake é meu melhor amigo, nada mais! Então por que esses desejos loucos me invadiram?! eu não entendo foram duas vezes hoje, será que eu estou doente ou com algum problema neurológico? Só pode! não consigo controlar meus pensamentos nem meus sentimentos. Ai meu Deus!' pensei comigo mesma para me concientizar de que tudo fora uma loucura minha. Eu realmente estava com algum problema, nunca havia sentido algo desse jeito por ninguém. Comessei a duvidar se o que sentia era realmente só amizade, mas repeti duas vezes para mim mesma 'Jake é meu melhor amigo, só isso!' .


Jake falava ao telefone, parecia que estava falando com algum dos meninos da reserva, mas não consegui saber quem era.

-Nossa eu me esqueci completamente, desculpa ai cara! Com certeza, só que vou chegar mais tarde, pode deixar! Aham. Ta bom, tchau!

Ele desligou o telefone, não parecia muito feliz. E ao falar sua voz estava um pouco desanimada.

-Hamm... desculpa Nessie. Mas nós precisamos ir.

9 comentários

Evelyn disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
perfeito!
estou super ansiosa para o capitulo 5 *o*
UASHUAHSUAHUSHAUHS

25 de junho de 2010 10:55
ILoveHedgehogs disse...

Só falta ser aquele toquezinho da Nokia. Mas que desgracinha pra acabar com o clima!!!

3 de julho de 2010 11:07
ILoveHedgehogs disse...

Nota: você SABE REALMENTE como escrever e deixar com aquele gosto de quero mais. Já pensou em escrever um livro? Falo sério.

3 de julho de 2010 11:17
Samanta disse...

Valeu Diego ;)

shuahsausha
sabe na real ja!! gosto muito de escrever mas sei q na hora de tentar editar as coisas se complicam! prefiro ficar por aqui no blog deixando vcs com o gostinho do proximo cap!!

rsrsrs

:D
amo vcs!! vc tbem Dih!!
Bjuss

3 de julho de 2010 14:09
Anônimo disse...

caramba cade o restante da estoria fiquei querendo mais !!! vc n vai postar ?!!!! amei!!!

19 de julho de 2010 00:34
Mirela Lemos disse...

A fic vai ser postado uma vez por mês, então teram que ter paciencia e esperar até Agosto... mas enquanto isso leiam as outras fanfic do blog ;D

20 de julho de 2010 16:14
Dalila disse...

Muitoo boom. Ansiosa para o póximoo capitulo.
beeijoos. :)

20 de julho de 2010 18:10
Anônimo disse...

amei essa historia vc tem que continuar
ta otima
estou assiosa para o proximo capitulo
bjs...taynara

28 de julho de 2010 15:54
Anônimo disse...

adorei espero que continue a historia

2 de agosto de 2010 13:48

Postar um comentário

Não tem conta no google ou algo do tipo?!
Não tem problema pode comenta de qualquer jeito.

PS: Caso tenha algum nome ou palavra errada no blog nos avise por favor. Afinal errar é humano.

Muito obrigada pela visita e pelo comentario. Você sem duvida é muito importante pra gente.

Related Posts with Thumbnails